Multiterminal sem Hubs


#1

Olá,
Na escola onde trabalho, toda a sala de informática acabou sendo sucateada ao longo dos anos, e não encontro os HUBs que vieram com os computadores.

Pela falta de verba, estou tentando implementar o Multiterminal de forma manual, sem HUBs, e deixo algumas dicas para demais colegas, bem como uma dúvida para quem puder me ajudar.

É possível ligar dois terminais usando ou um par de Teclado e Mouse USB e outro PS/2, ou até mesmo dois pares USB, desde que um utilize as portas traseiras, e o outro as frontais. Pelo loginctl dá para associar eles corretamente, e a identificação inicial do Multiterminal já deixa dois monitores ativos - um na placa onboard, outro na TN-502.

Agora, quando tento ligar três monitores, a identificação inicial reconhece os três monitores, porém apenas ativa dois deles. As opções no loginctl não apontam lugar algum para que eu indique a TN-502 como display.

Onde que este dispositivo está definido? Só preciso dessa informação para ligar três estações a partir de um único computador, sem utilizar hubs, perdendo apenas a capacidade de uso da USB pelos 3 terminais (as portas restantes ficam restritas a 1 dos terminais) e um dos terminais fica sem áudio, mas são problemas corriqueiros perto da inexistência de um laboratório.

Quando conseguir, pretendo fazer um tutorial detalhado, que pode vir a ajudar colegas que se aventurem a fazer o mesmo.

Obrigado a todos!


#2

Olá, @jonatas.rafael !

Na implementação do multiterminal no LE 6.1 até a presente data (01/08/2018), isto não é possível, pois são os hubs da ThinNetworks, não a placa TN-502, que são rotulados como dispositivos-mestre para novos terminais no systemd-logind.

A implementação do multiterminal que mantemos no oi-lab (e que já vem inclusa nas ISOs remasterizadas do OI-Xubuntu e OI-Lubuntu 18.04), em princípio, permite esta possibilidade, embora não o faça de forma totalmente automática.

Explico melhor: nesta implementação alternativa, conseguimos “forçar” a rotulação da placa TN-502 como dispositivo-mestre no systemd-logind, liberando os hubs deste encargo. Além disso, a implementação atual da ferramenta de configuração do multiterminal permite associar um único par teclado/mouse sem hub a um terminal. Os outros pares de teclados/mouses precisam estar ligados a hubs USB (não precisa ser necessariamente o modelo da ThinNetworks), ou você precisa associá-los manualmente, usando o comando

sudo loginctl attach seat-(...) /sys/devices/(...)

(complete as lacunas (...) conforme o seu caso). Para descobrir os caminhos /sys/devices/(...) completos para os seus teclados/mouses, você pode utilizar o comando

loginctl seat-status seat0

#3

Olá Laércio,
Esse Lubuntu 18.04 disponível no link é multiterminal ? Tem a versão monoterminal ? Pode ser usado qualquer hub usb para acionar os multiterminais com a placa tn 502 ? Aproveitando a oportunidade, gostaria de saber se existe a possibilidade de você elaborar um script para ligar e desligar o projetor multimidia LS 5580 Diebold para ser usado com lubuntu 18.04. Instalei num projetor o lubuntu 32 bits e rodou sem problema, mas o projetor só liga ou desliga manualmente. O sistema original é o LE 4.0 que está desatualizado. Aguardo contato. Grato.


#4
  1. As ISOs do OI-Xubuntu e OI-Lubuntu 18.04 agora servem tanto para monoterminais como para multiterminais.
  2. Sim, você pode usar qualquer modelo de hub USB para configurar o multiterminal no OI-Xubuntu/OI-Lubuntu.
  3. Não tenho conhecimento sobre o hardware desse projetor, então não posso ajudá-lo. Sinto muito!

#5

Quanto ao projetor Diebold, se o projetor interno for da benq…
Ele utiliza comandos pela porta serial para ligar e desligar o projetor.
Em uma outra escola já implementei Debian com um script que era executado durante a inicialização e um script em python que permitia desligar/ligar o projetor e reiniciar somente o computador sem desligar o projetor.
Vou rever os scripts e posto aqui no grupo.


#6

Olá rlmadiuto,
Realmente o comando é pela porta serial, só existe essa conexão de dados entre o pc e o projetor, as outras são VGA interna e externa. Estava pensando usar o lubuntu 18.04 mas houve um problema no driver de som, vou usar o lubuntu 16.04, ele identifica o hardware da placa de som sem problema. Esses equipamentos ficam com a funcionalidade comprometida com o ultrapassado linux educacional 4.0 , demandando uma atualização de sistema operacional. Aguardo a postagem dos script. Grato.


#7

Desculpem a demora

Segue o link para os aquivos para ligar e desligar o projetor “benq”

https://drive.google.com/drive/folders/1i1VPkEKY_KAehLaAWHZX9BDz8Lt9QUOI?usp=sharing

Baixe o arquivo “LigarDesligarProjetor_V1.tar.gz” e descompacte.
Dentro dele temos duas pastas
“Desliga_Projetor_RLM” e “usr”

  1. Desliga_Projetor_RLM -> interface gráfica que permite desligar o computador/projetor

  2. usr -> subdivide-se em bim e lib

2.1. lib -> contém arquivo “pon.txt” contendo instruções que serão enviadas para o projetor via porta serial.

2.2. bin -> contém o script “pon.sh” que deve ser executado pelo /etc/rc.local ou systemd (o modo de inicialização vai depender da distro instalada no projetor) ele é responsável por ligar o projetor durante o boot do computador.

Os arquivo da pasta usr devem ser salvos na pasta /usr/lib e /usr/bin respectivamente
De direitos de execução ao script /usr/bin/pon.sh , e direitos de leitura ao arquivo /usr/lib/pon.txt a todos

O script em python “desliga_proj-gtk.py” é a interface gráfica que permite o desligamento do equipamento ou sua reinicialização.
De direitos de execução a ele.

Caso a interface em sua distribuição Linux não seja “xfce4” altere o script “desliga_proj-gtk.py” para se adequar.

O usuário que vai executar o script “desliga_proj-gtk.py” deve fazer parte do grupo “dialout”
pode se usar o comando:

sudo adduser $USER dialout

Faça logout e entre novamente para “desliga_proj-gtk.py”