Aparência do LE6


#1

Olá, Pessoal!

Abrir esse tópico para discutirmos a aparência do Linux Educacional 6. Não sobre a interface gráfica (esse é um assunto superado), mas sobre a paleta de cores do sistema, ícones e etc.
Gostaria de destacar que gostei da escolha do amarelo, a ave homenageada é bela. O mouse, que me lembra jogos RPG, é lindo.
Gostei também do uso do Plank em conjunto ao Dock do gnome.
O que me aparenta estranho: os icones serem distantes dos originais, sobretudo o do LibreOffice. Captura de tela de 2017-08-19 16-21-57

As cores das pastas também e essa “barra” vermelha não harmonizam com o amarelo do tema.


#2

Creio que também seria interessante o Maximizar e miniminizar ativados por padrão, com o tema que os torne visíveis, o que não é o caso do FlatRemixCaptura de tela de 2017-08-21 11-02-20


#3

Vocês já consideraram a possibilidade de usar a extensão “Dash to Dock” para o GNOME Shell (ou um fork dela, a exemplo do Ubuntu 17.10), em vez do Plank? Seria uma alternativa mais leve.


#4

Foi assim que ficou com a Dash to Dock do Gnome!Captura de tela de 2017-08-21 16-49-07

Ícones: Numix-Circle


#5

@lbssousa e @fernandohs16, muito obrigado pela sugestão e respectivo teste com o Dash to Dock. Realmente ficou bem bonito! Vamos averiguar aqui e quem sabe entre na próxima atualização do sistema.

Quanto aos demais pontos levantados, estamos finalizando esses pequenos ajustes na interface, em breve vocês devem ver tudo corrigido, como as cores destoantes e os botões de maximizar/minimizar.

Muito contentes aqui com o interesse, obrigado novamente!! =)


#6

Acabei de assistir ao review do LE6 no canal do Diolinux e me ocorreu uma coisa: vocês poderiam substituir o unity-greeter pelo lightdm-gtk-greeter, a fim de diminuir a dependência de pacotes relacionados ao Unity, já que o desktop padrão do LE6 é o GNOME.

O Greybird (tema padrão do Xubuntu) inclui uma personalização do llightdm-gtk-greeter muito bonita, em que vocês poderiam se basear:


#7

Ficou muito bom mesmo. :slight_smile:


#8

Boa ideia Laércio, vamos analisar.


#9

Olá @lbssousa, nós analisamos a possibilidade de mudança do unity-greeter para o lightdm-gtk-greeter, e chegamos a conclusão de que devido a alguns fatores, iremos manter o unity-greeter como o greeter padrão do LE6.

A redução no número de dependências e de espaço gasto no sistema com a troca pro lightdm-gtk-greeter não é significativa, e determinamos que o layout do unity-greeter é mais compatível e facilmente customizável para se adequar com o padrão da interface do LE6. As inconsistências no padrão de cores da interface do unity-greeter estão sendo corrigidas e virão junto com os outros ajustes da interface em uma próxima versão do LE6 beta.

Obrigado pela sugestão e por estar sempre colaborando conosco!


#10

O “Dash to Dock” tem potencial, realmente ficou mais leve e mais bonito. O único problema no momento é que ele não está disponível no repositório do Ubuntu 16.04 (apenas no 16.10 e 17.04). Já solicitamos aos desenvolvedores do ubuntu que ele seja portado para o 16.04, o que não deve ser um problema, considerando que ele funciona normalmente nessa versão. De qualquer forma, caso o pedido seja negado, provavelmente iremos colocar o pacote em nosso repositório próprio e utilizá-lo em em substituição ao Plank.

Novamente, muito obrigado pela dica @lbssousa e @fernandohs16 !


#11

Mas não fica nos repositório da distro, mas sim no https://extensions.gnome.org
Como a Canonical criou uma Dash própria, para se parecer com o Ubuntu Unity, creio que não responderão como está esperando.

Para ativar a extensão é só clicar: https://extensions.gnome.org/extension/307/dash-to-dock/
Qualquer coisa, veja o link no github: https://micheleg.github.io/dash-to-dock/

Captura de tela de 2017-09-11 00-06-57


#12

Para instalar em um computador pessoal é esse procedimento mesmo @fernandohs16, mas nós precisamos implementar de forma que todos os computadores com LE6 sejam automaticamente atualizados. A maneira mais segura de garantir isso, em nossa opinião, é via repositório de pacotes.

O dash-to-dock já existe nos repositórios do Ubuntu mais novos (17.04 e 17.10), portanto a portabilidade para a versão 16.04 é uma questão técnica apenas e, até onde pudemos averiguar, de fácil solução.


#13

Uma outra possibilidade seria experimentar o Slick Greeter, um fork do unity-greeter feito pelo pessoal do Linux Mint, que preserva o visual e a flexibilidade do unity-greeter sem carregar tantas dependências do Unity.

O único problema é que ele só entrou nos repositórios Ubuntu a partir da versão 17.10 (ele será adotado por padrão no Ubuntu MATE) https://packages.ubuntu.com/artful/slick-greeter . Seria necessário fazer um backport para o 16.04.